Dica: Amarelo

Faz parte do meu trabalho ficar atenta sobre os trend alert que as maiores empresas de tendência estão apontando para o futuro. Sempre estou olhando, por exemplo, o site e as redes sociais da WGSN mundial e do Brasil. É sempre bom, também, olhar o site da Pantone, onde eles dizem suas apostas de cores para o próximo ano. 

Esse post traz uma observação sobre o feed das empresas citadas, onde é possível perceber como o amarelo aparece bem frequente. Será um alerta do que está por vir? Além de ser uma as cores do ano 2018, segundo a Pantone, o amarelo tem fortes chances de ser a cor da América Latina no próximo ano.


Vitalidade! O amarelo que é sinônimo de criatividade e otimismo, em tempos tão difíceis para nós, pode ser um ato de esperança para melhores dias. Essa cor também ilumina e dá personalidade aos ambientes. Combina muito bem com preto e cinza, adicionando o amarelo em pequenos detalhes. Na imagem da jaqueta abaixo, por exemplo, as letras pretas "pintadas" dão o tom de protesto unido ao acolhimento e aceitação, saindo do óbvio do que já vimos por aí. Entusiamos puro!


Para muitos, parece bobeira a questão das cores e roupas em relação ao contexto social/político/econômico. Mas sim, pessoal! Moda, comportamento e mundo andam juntos. Aliás, moda é comportamento! É só pensar um pouco sobre toda a história da indumentária que percebemos essas ligações. Chanel libertando as mulheres dos espartilhos e da silhueta marcada. Os anos 40, época de guerra onde as mulheres usaram a saia com a barra mais curta, cores mais sóbrias. E chega anos 50, Dior com o New Look, e a nostalgia da mulher feminina, com cintura marcada e saia mais rodada, estampas bem femininas. Os anos 90 minimalista em contraposição ao exagero dos anos 80. E hoje, nós estamos repensando nosso consumo e vindo uma onda (muito legal!) de roupas com recortes, reaproveitadas e repensadas. 

Sem contar que as cores, por si só, são referências de sensações. É a psicologia das cores, muito usado em design. Com ajuda das cores, consegue-se transmitir alguma impressão que queremos causar nas pessoas. Para projetar ambientes, produtos, logos, layouts, vitrines... A Pantone elegeu o Greenery para a cor de 2017, motivada por questões de sustentabilidade, e no tom de cor que confere confiança, frescor e tranquilidade. O oposto do amarelo, que agita, que é vibrante, que é excitação e por se relacionar com a criatividade, pode ser que também transmita a ideia de revolução, de pensar e de agir. 

Para nós, um ponto de otimismo para tudo que vem acontecendo no mundo, não é mesmo?

Tecnologia do Blogger.